Laura Costa shows

Lusco Fusco

Uma conversa de café dentro do estúdio.

Biografia? Hmm, não. Tomem uma história.

Naquele natal os meus pais estavam longe de imaginar os efeitos que um jogo de singstar com um par de microfones atrelado podia ter numa criança de 10 anos. Foram horas de “Laura, baixa o som” passadas em frente da televisão a cantar músicas das DOCE e dos Xutos. Não porque gostasse especialmente da seleção de artistas – vamos lá ver: com 10 anos eu queria era cantar músicas da Disney e da Floribella – mas porque a sensação do microfone nas mãos me deixava estarrecida.

Fora das paredes que seguram a minha casa e antes de chegar à ESCS FM só tive oportunidade de reviver esta sensação uma vez: no dia em que uma professora do Básico me passou o microfone para as mãos e me mandou anunciar a apresentação que o 8ºA estava prestes a fazer. De um momento para o outro o público calou-se disposto a ouvir-me.

Não sei se é a amplificação do som que me fascina ou a certeza de que a minha voz chega a quem me ouve. O que sei é que gosto de falar ao microfone.

Curso: Jornalismo

Maior Sonho: Conhecer Saramago e assistir à derrota do patriarcado parecem-me sonhos válidos.

Maior Medo: Não tocarem “Stayin’ Alive” e “I Will Survive” no meu funeral.

Duas músicas: “Menina da Lapa”, Asterisco Bomba Cardinal Caveira e “A Dança”, Tiago Nacarato.

Um livro: Um conto. “Era uma vez um alferes”, do Mário de Carvalho é qualquer coisa.

Desculpa preferida para não ser produtivo: “Ainda tenho tempo”



Current track

Nome

Artist