Joana Simões shows

Debate-boca

Do bate boca ao debate-boca.

Repórter 360

O pior cego é aquele que não quer ver.

Esta deve ser a quarta ou quinta biografia que escrevo e mesmo assim continuo sem saber o que dizer. O meu nome é Joana Simões, no entanto, os mais próximos chamam-me Jupipa e a minha mãe JOANA FILIPA!!! “A vida são dois dias e ontem já passou” é o que uso como lema de vida e sem dúvida nenhuma a frase que mais digo. Mentira, essa é a segunda! A primeira é “desculpem o atraso”. Acho que está explicado o porquê de ter sido uma das últimas pessoas a escrever isto…. Ups!

Até ao secundário acreditava que iria ser atriz ou modelo, depois achei melhor ir para turismo e acho que só percebi que vinha para jornalismo quando recebi um mail a dizer “colocada”. Só decidi ficar porque me senti motivada para casar com um jogador de futebol e fazer uma flash interview como a da Sara Carbonero ao Iker Casillas. Gosto de coisas inesperadas e planos em cima da hora, mas não vivo sem o meu calendário (até porque se vivesse esquecia-me de tudo). Não tenho muito mais para dizer, por isso, fiquem com algumas informações aleatórias sobre mim: odeio queijo, sou mega fã da Miley Cyrus, o meu sabor preferido de gelado é avelã da Santini e tenho um total de 27 playlists feitas por mim no Spotify.

Curso: Jornalismo

Maior Sonho: Fazer a dobragem de desenhos animados

Maior Medo: Perder aqueles que me são próximos

Duas músicas: “Don’t Look Back In Anger” (Oasis) e “Vestido Azul” (Floribella)

Um livro: “A Pérola” – John Steinbeck

Momento histórico que gostavam de ter vivido para noticiar: Primeira vez que o homem foi à lua – 1969



Current track

Nome

Artist