Prémios Lusófonos da Criatividade distinguem antigos estudantes da ESCS

Written by on Abril 16, 2020

Prémios Lusófonos da Criatividade distinguem antigos estudantes da ESCS
Autor: Serviço de Comunicação da ESCS
Conteúdo retirado automaticamente da página institucional da Escola Superior de Comunicação Social
Ver fonte

Guilherme Vasques e João Santos Costa foram premiados na categoria Briefing Aberto, dos Prémios Lusófonos da Criatividade, com propostas para a marca Control.

Os Prémios Lusófonos da Criatividade distinguem, de quatro em quatro meses, os melhores trabalhos nas áreas da Publicidade, Comunicação e Design, em todos os países de língua portuguesa.
No 2.º quadrimestre de 2019/2020, a competição premiou dois escsianos na categoria Briefing Aberto. Guilherme Vasques (licenciado em Publicidade e Marketing e, atualmente, a terminar um mestrado na University of Arts London) foi medalha de prata, na subcategoria Estudantes Lusos. Por seu lado, João Santos Costa (licenciado em Jornalismo e Branded Content Manager no Jornal Económico) recebeu o galardão de bronze, na subcategoria Jovens Criativos, dirigida a profissionais com menos de 30 anos de idade. Os antigos estudantes da ESCS desenvolveram campanhas de promoção do “Control Talk”, da marca de preservativos Control, um serviço que pretende, através do WhatsApp, esclarecer as dúvidas dos jovens relacionadas com a temática da sexualidade.

Os Prémios Lusófonos da Criatividade distinguem projetos criativos de todos os países de língua portuguesa.
Imagem: Facebook Prémios Lusófonos da Criatividade

Quem é o maior?

Guilherme Vasques já tinha competido, em 2019, nos Prémios Lusófonos da Criatividade, chegando a figurar na shortlist. “[Mas] não ganhei, por isso, este ano, queria vingar-me e levar um prémio para casa”, confessa. Se, por um lado, esta competição foi “um bom exercício de criatividade” durante o período de isolamento social, ajudando a manter a sua “mente ativa”, por outro, “ao trabalhar num briefing real, abre-se sempre a possibilidade de vir a acrescentar uma peça nova ao portefólio”.

Guilherme Vasques é licenciado em Publicidade e Marketing.
Fotografia gentilmente cedida por Guilherme Vasques

O escsiano foi distinguido com o galardão de prata, na subcategoria Estudantes Lusos.
Imagem: Facebook Prémios Lusófonos da Criatividade

A proposta Quem é o maior? (apresentada em parceria com Diana Teixeira) consistiu na criação de “um quiz e microsite, com perguntas comuns e controversas de cariz sexual, para desafiar os mais espertalhões e engatatões, que sabem tudo sobre sexo (que, de acordo com a minha experiência, costumam ser os que têm mais dúvidas)”, explica. Conforme fosse o resultado do questionário, os participantes seriam encaminhados para a psicóloga/sexóloga, para esclarecerem as dúvidas, ou convidados a partilhar o resultado positivo nas redes sociais, desafiando os amigos a também participarem.

O escsiano que, inicialmente, concentrou os estudos e o percurso profissional no Marketing, com o passar do tempo, começou a interessar-se mais pela área criativa. Por isso, rumou a Londres, para tirar um mestrado ligado “especificamente [à] criatividade em Publicidade”, o qual está, de momento, a terminar. Este reconhecimento foi, por isso, “uma validação muito importante”, que motivará Guilherme a arriscar mais e a participar em outros concursos. Para além de estar a concluir o 2.º ciclo de estudos, o escsiano está, também ligado à ORIGEM, uma marca de óculos de sol feitos em bambu, da qual é cofundador.

Fala com quem sabe

João explica que, apesar de ser licenciado em Jornalismo, começou a explorar a sua criatividade, em 2018, quando desempenhou funções de guionista, na RTP. A partir daí, sentiu que “precisava de começar a construir portefólio adaptado à área criativa e ao qual agências de publicidade dessem valor”, vendo, nesta competição, “a oportunidade perfeita para o fazer”. “Mas não estava propriamente focado em ganhar fosse o que fosse”, confessa.

João Santos Costa é licenciado em Jornalismo.
Fotografia gentilmente cedida por João Santos Costa

O antigo estudante foi reconhecido com o galardão de bronze, na subcategoria Jovens Criativos.
Imagem: Facebook Prémios Lusófonos da Criatividade

A campanha Fala com quem sabe começou por apresentar uma problemática. “Os jovens não falam abertamente de sexo, por vergonha ou por dúvida, e procuram esclarecer-se naquilo que está ao seu alcance e que nem sempre é fiável: a internet”, conta. João percorreu, assim, todos os fóruns que conhecia, reunindo “uma maré enorme de perguntas absurdas” e chegando à solução para o problema: “nenhuma pergunta é errada se for feita à pessoa certa”. O antigo estudante adaptou a ideia ao tom humorístico da marca e criou uma série de imagens, com questões “absurdas mas reais”, de forma a levar os jovens a aderir ao serviço “Control Talk”. Esta comunicação seria feita de forma física, em escolas, e online, nas redes sociais da Control.

O escsiano é, hoje em dia, Branded Content Manager, no Jornal Económico, e assegura que, apesar de não ter concorrido com o objetivo de ganhar, “sabe sempre bem quando o nosso trabalho e esforço é reconhecido. Motiva-me para fazer mais e melhor daqui para a frente”.

O post Prémios Lusófonos da Criatividade distinguem antigos estudantes da ESCS aparece primeiro no ESCS.


Current track

Nome

Artist