Bem-vindos à vossa nova casa

Written by on Setembro 17, 2019

Bem-vindos à vossa nova casa
Autor: Serviço de Comunicação da ESCS
Conteúdo retirado automaticamente da página institucional da Escola Superior de Comunicação Social
Ver fonte

Publicado: 17 setembro 2019

A ESCS deu as boas-vindas aos novos estudantes de licenciatura, numa cerimónia que contou com o testemunho do ex-aluno Ricardo Tomé, atual Diretor-Coordenador da Media Capital Digital.

Esta segunda-feira, dia 16 de setembro, o Auditório Vítor Maceira abriu as portas para a cerimónia de abertura do ano letivo 2019-2020. O Presidente da ESCS, a Vice-Presidente do Politécnico de Lisboa e o Presidente da Associação de Estudantes da Escola deram as boas-vindas aos estudantes que iniciam, agora, o seu percurso no Ensino Superior. Na mesma sessão, o convidado de honra, Ricardo Tomé, Diretor-Coordenador da Media Capital Digital, partilhou o seu testemunho enquanto ex-aluno de Publicidade e Marketing e profissional da Comunicação.

A ESCS deu as boas-vindas aos novos estudantes de licenciatura da Escola.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

Construir um percurso na Escola

Dirigindo-se aos novos alunos, o Presidente da ESCS enfatizou o facto de apenas um em cada dez candidatos conseguir ingressar na Escola. “Esse um é cada um de vocês!”, destacou. O Prof. Doutor André Sendin salientou, ainda, que este facto traz uma “grande responsabilidade” aos novos estudantes. Como tal, apelou a que estes construam o “seu percurso na Escola”, não só nos cursos como, também, através da participação nas atividades e nos órgãos de governo da instituição. “Espero que este ambiente de criatividade vos proporcione grandes aprendizagens, experiências e partilhas”, disse.

Em representação do Politécnico de Lisboa (IPL), a Prof.ª Dr.ª Ana Cristina Perdigão deu, “com muita alegria”, as boas-vindas aos novos estudantes. A Vice-Presidente do IPL aproveitou para se debruçar sobre a mobilidade Erasmus+, referindo os acordos com as “mais de 400 instituições de ensino de referência”. De seguida, defendeu a investigação científica como uma “dimensão importante na vida académica”. “Dêem o devido valor e aproximem-se de projetos de investigação”, apelou. “Espero que, para além do conhecimento académico, vos consigamos transmitir valores sólidos para o exercício da vossa profissão e para a vossa formação como pessoas”, concluiu.

Por último, o Presidente da Associação de Estudantes (AE ESCS) recorreu à sua experiência pessoal, para transmitir aos novos colegas que “estes vão ser os melhores três anos das vossas vidas”. Luís Braya apelou à participação nas iniciativas da AE ESCS e nos núcleos da Escola. “São estas que vos ajudarão a ser melhores profissionais”, afirmou, salientando que nem todas as instituições têm esta mais-valia. “Lutamos para que os alunos do IPL sejam os melhores do país”, concluiu.

Da esq. para a dir.: André Sendin, Ana Cristina Perdigão e Luís Braya.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

“É Tudo Mais ou Menos Assim”

Ricardo Tomé deu início à sua intervenção, referindo que faz, em 2019, “23 anos que estava sentado nessas cadeiras”, enquanto novo aluno da ESCS. O escsiano lembrou, com humor, que, na altura, não havia smartphones, mas sim beeps e que, muitas vezes, o tema de conversa com os colegas era os episódios de Dragon Ball e de Seinfeld, mas que, “o resto não mudou assim tanto”.

Ao longo do discurso, o orador contou que a Escola teve um “forte papel” na sua vida, na medida em que o ensinou a “nunca desistir”. Assim que terminou a licenciatura, foi “bater à porta das agências”, conseguindo, pouco tempo depois, uma vaga como criativo publicitário. Após uns meses, quando ainda “ninguém percebia nada de internet”, recebeu uma chamada do Gabinete de Estágios e Integração na Vida Profissional da Escola com uma proposta para integrar a então nova equipa de conteúdos online da RTP. “Aquele telefonema mudou a minha vida”, confessou. E se, hoje, lhe perguntam “o que é que fez a diferença [no mercado de trabalho]?”, Ricardo responde “para além do fazer, o pensar”.

Ricardo Tomé recordou a sua passagem pela ESCS.
Fotografia: Gabcom (Serviço de Comunicação da ESCS)

O convidado referiu, ainda, que a ESCS sempre lhe transmitiu os melhores valores, nomeadamente, o companheirismo, a entreajuda o um espírito de “competição saudável”. O escsiano lembrou, especificamente, os antigos colegas Hugo Veiga (premiado criativo publicitário a nível nacional e internacional) e Pedro Fernandes (“um dos melhores apresentadores da nossa praça”), como pessoas sem “qualquer pedantismo”, independentemente do seu sucesso. “Tirem partido dessas amizades (…) que vos dão a ajuda e o apoio para se conseguirem superar”, concluiu, desejando que “o mais profundo dos sonhos” que traz os novos estudantes à ESCS seja alcançado “o mais breve possível”.


ESCS FM

A voz que tu conheces

Current track

Nome

Artist