Tudo numa taça

Written by on Novembro 6, 2018

Tudo numa taça
Autor: ESCS Magazine
Conteúdo retirado automaticamente da página do núcleo ESCS Magazine
Ver fonte

É finalista do curso de Jornalismo na Escola Superior de Comunicação Social, no entanto, a comunicação não é a sua única paixão. Rafaela Simões nutre um gosto pela nutrição há quase uma década. No fundo, o seu blog All in a Bowl é a junção destes dois amores.

ESCS MAGAZINE: Na descrição da conta do teu Instagram do All in a Bowl, tens escrito “tudo o que precisas numa taça”. Rafaela, do que é que realmente precisamos numa taça hoje em dia?

Rafaela Simões (RS): Essencialmente, eu acho que é de juntar um bocadinho os alimentos da natureza. Buscar tudo aquilo de que precisamos e de origem natural, como fruta, vegetais, sementes, etc. Os alimentos processados não são precisos, nem nos dão qualquer benefício.

ESCS MAGAZINE: Qual é a essência do teu blog?

RS: A essência é dar ideias e alternativas de coisas saudáveis que são fáceis de fazer – para que as pessoas não desmotivem. No fundo, é juntar aquilo que a natureza nos dá e simplificar, sem ter de recorrer a croissants, bolachas, etc.

ESCS MAGAZINE: No All in a Bowl dizes que a nutrição é uma paixão que começou há 8 anos. Porque é que começou esta paixão?

RS: Foi inicialmente por uma questão de saúde. Quando era pequenina, sofri de problemas de obesidade, então tive de fazer uma dieta. Fui acompanhada por um nutricionista e depois, ao longo do tempo, comecei a interessar-me cada vez mais pela forma como os alimentos nos influenciam – a nós e à nossa saúde. A paixão foi evoluindo e acho que agora tenho muito conhecimento na área. Claro que não estudei, não sou uma nutricionista e não me equiparo a isso, mas acho que tenho conhecimento suficiente para tomar certas decisões. No blog, tento passar mais ideias e não pretendo ser fundamentalista nem dar informações, porque eu não sou certificada para isso.

ESCS MAGAZINE: Acreditas que somos aquilo que comemos?

RS: Sim, sem dúvida. Já não é novidade para ninguém que a alimentação tem influência na saúde, no nosso sono, na energia e pele. Nas análises isso vê-se. E é dessa parte que eu gosto. Se tenho carência de alguma vitamina, é porque me falta algum nutriente.

ESCS MAGAZINE: Achas que de certa maneira a alimentação pode evitar certos medicamentos?

RS: Exatamente. É isso. A pessoa tem que procurar, tem de se informar e estar predisposta para isso, porque muitas vezes não são precisos medicamentos para remediar alguns problemas. Nem sempre é preciso recorrer a químicos, porque a alimentação pode substituí-los. Aliás, alguns químicos acabam por ter a ver só com dinheiro e com a indústria.

ESCS MAGAZINE: Começaste o teu blog em julho do ano passado, em 2017. Porque é que só começaste agora, visto que a tua paixão já dura há muito tempo?

RS: Foi o conciliar desta paixão com a entrada no curso de Jornalismo e também devido ao objetivo de criar portefólio para o mercado de trabalho. Isto também é uma forma de aplicar conhecimento e de me divertir, porque eu também gosto daquilo que faço e de escrever os artigos. Surgiu um bocadinho mais tarde, porque eu gosto que as coisas fiquem bonitinhas. E também entrei num ritmo diferente na faculdade, em que faço várias coisas e o blog é só mais uma.

ESCS MAGAZINE: Já chegaste a confessar que gostarias de ter seguido o curso de Nutrição. No entanto, não tinhas os exames para tal. Achas que o blog é uma alternativa?

RS: Sim. É talvez uma forma de compensar o sonho que não deu para seguir. Não é que eu não goste de jornalismo, mas talvez nutrição fosse uma coisa de que eu gostasse mais. É uma forma de compensar e de estar sempre ligada à área.

ESCS MAGAZINE: Para além do blog em si, o teu blog também está presente nas redes sociais. Achas que hoje em dia as redes sociais são mais importantes para dar projeção a um projeto?

RS: Sim. Acho que hoje em dia as pessoas vivem da comunicação, principalmente visual. É por isso que eu aposto mais na fotografia, porque se calhar a maior parte das pessoas não lê os artigos, mas, ainda assim, eu escrevo e gosto de o fazer.

ESCS MAGAZINE: Como tem sido o feedback do teu blog? Já tens alguns seguidores conhecidos?

RS: Sim. Já tenho alguns conhecidos, mas sem grande interação. Tenho o feedback das pessoas, que é essencialmente a nível fotográfico, porque é algo mais apelativo. Além disso, aquilo que me chega é que as pessoas gostam de fazer combinações diferentes – eu conjugo alimentos mais diferentes/improváveis, daquelas que as pessoas não estão à espera. Os seguidores querem provar o estranho, porque o comum não tem interesse.

ESCS MAGAZINE: Após acabares o curso de jornalismo esperas continuar com o blog? Ou simplesmente é um hobby?

RS: Para já, é um hobby, mas eu pretendo continuar se tiver disponibilidade. Pretendo formar-me em jornalismo da saúde, porque abrange, lá está, não só jornalismo, mas também a nutrição.

Super Quizz

ESCS MAGAZINE: Qual foi o artigo que mais gostaste de escrever até agora?

RS: Edição de natal do ano passado, porque foi engraçado adaptar os produtos típicos de natal a algo mais saudável.

ESCS MAGAZINE: Receita preferida?

RS: As papas de aveia de pêra (https://itsallinabowl.blogspot.com/2017/10/comfort-food.html).

ESCS MAGAZINE: Chia ou granola?

RS: Chia.

ESCS MAGAZINE: Qual é o melhor restaurante em Lisboa?

RS: O Charlie (https://itsallinabowl.blogspot.com/2018/10/charlie-o-saudavel-que-rima-com.html ).

ESCS MAGAZINE: Descreve um brunch perfeito para ti.

RS: Tem de ter panquecas, uma bebida quente (por exemplo, bebida de aveia com café) e uma bowl – de iogurte, fruta ou granola ou de pudim de chia).


Current track

Nome

Artist