Sporting em frente, Benfica de platina cai no set de ouro

Written by on Março 22, 2019

Sporting em frente, Benfica de platina cai no set de ouro
Autor: ESCS Magazine
Conteúdo retirado automaticamente da página do núcleo ESCS Magazine
Ver fonte

Nos quartos-de-final da Challenge Cup, a terceira prova do voleibol europeu, três equipas portuguesas prestaram provas. O Sporting CP defrontou a AJ Fonte do Bastardo e seguiu em frente, mesmo com uma derrota por 3-2 na segunda mão, jogada no pavilhão Vitorino Nemésio. Por sua vez, o Benfica recebeu e venceu o Belgorod por 3-0, após uma derrota por igual diferença de sets na Rússia, mas não conseguiu levar a melhor no derradeiro set.

AJ Fonte do Bastardo 3×2 Sporting CP – Sporting passa às meias-finais

Eram 20h30 na Praia da Vitória quando soou o apito que marcava o início daquela que seria uma tarefa hercúlea para a equipa local. Após ter perdido por 3×0 no Pavilhão João Rocha, os alvinegros precisavam vencer 3 sets (3×0 ou 3×1) a um Sporting que apostou forte esta época para fazer uma boa prestação na competição e ainda vencer o golden set. Tal não aconteceu.

Com um seis base diferente daquele que apresentou na primeira mão, porventura tentando quebrar um momento menos bom (os leões vinham de uma derrota por 3×0 contra o Benfica e uma vitória dura por 3×2 contra o Sporting de Espinho) ou dando descanso a alguns jogadores importantes, o Sporting entrou melhor e venceu os dois primeiros sets por 17×25 e 22×25.

Já tendo a eliminatória resolvida, Hugo Silva rodou a equipa e os índices competitivos desceram. Mesmo com Marko Bojic, reforço de inverno, a exibir-se em grande nível, os verdes e brancos acabaram por perder os seguintes 3 sets para a Fonte do Bastardo, já num ritmo algo descomprometido. A vitória acabou por trazer alguns sorrisos aos 530 adeptos que compuseram as bancadas do pavilhão.

Segue em frente o Sporting Clube de Portugal, que jogará contra os italianos do Vero Volley Monza, uma das equipas favoritas a vencer a prova.

SL Benfica x Belgorod

Tão ou mais hercúlea do que a tarefa da Fonte do Bastardo era a tarefa do SL Benfica, frente a uma equipa histórica do voleibol europeu, que tem no seu palmarés “apenas” 8 Challenge Cups, 2 CEV Cups e 3 Champions Leagues, a prova máxima da modalidade no Velho Continente.

Após ter perdido por 3×0 na Rússia, os encarnados, comandados por Marcel Matz, estreante em provas europeias, apresentaram-se a um nível altíssimo e conseguiram surpreender vencendo os três primeiros sets por 25×18, 25×23 e 25×22. Com Raphael Oliveira, Théo Lopes e Marc Honoré em destaque, o Benfica efetuou uma exibição histórica e que muito deve orgulhar os seus adeptos e os adeptos da modalidade em Portugal.

No último set, que decidia a passagem na eliminatória, a equipa da Luz não conseguiu levar a melhor e acabou por perder por 12×15, numa despedida algo ingrata depois da brilhante prestação nos primeiros três parciais.

O Benfica fica pelo caminho mas segue com grande ímpeto para o campeonato, que promete uma escaldante disputa com o Sporting, os dois grandes favoritos.

Jogo do Benfica contra o Belgorod, no Pavilhão da Luz. Fonte: SL Benfica / Cátia Luís

Artigo revisto por Ana Rita Curtinha


Current track

Nome

Artist