Marcelo afirma desconhecer factos sobre o caso de Tancos

Written by on Outubro 21, 2018

Marcelo afirma desconhecer factos sobre o caso de Tancos
Autor: ESCS Magazine
Conteúdo retirado automaticamente da página do núcleo ESCS Magazine
Ver fonte

O Presidente da República afirma desconhecer os acontecimentos relacionados com o desaparecimento e reaparecimento das armas em Tancos. Em declarações à Agência Lusa, exige o esclarecimento da verdade independentemente das consequências.

Marcelo Rebelo de Sousa garante que não sabe como desapareceram e reapareceram as armas de Tancos. O Presidente da República e também Comandante Supremo das Forças Armadas insiste no esclarecimento rápido da verdade. “Ora, se eu insisti e insisto nessa exigência é, precisamente, porque, tal como todos os portugueses, não sabia nem sei os factos que ocorreram e as inerentes responsabilidades, nomeadamente criminais”, explicou Marcelo, em declarações à Lusa, no sábado.

O chefe de Estado garantiu também que falará aos portugueses sobre este caso sempre que necessário. “Portugal não deve ficar, indefinidamente, com dúvidas sobre [uma] questão essencial para o Estado de Direito e o prestígio das Forças Armadas”, afirmou.

Quando questionado sobre a resignação do ex-Chefe de Estado-Maior do Exército (CEME), o general Rovisco Duarte, Marcelo esclareceu que “não me foi pedida por ele nenhuma audiência” antes da entrega da carta de resignação na quarta-feira.

Os desenvolvimentos na investigação do Ministério Público sobre o caso de Tancos já tinham levado à demissão de Azeredo Lopes, agora ex-Ministro da Defesa. João Gomes Cravinho assumiu, entretanto, o cargo.

Esta investigação, a Operação Húbris, já levou à detenção de militares da GNR e da Polícia Judiciária Militar que serão interrogados.

Corrigido por: Beatriz Pardal


Current track

Nome

Artist