Kong-Zhuhai-Macau: a maior ponte do mundo

Written by on Outubro 29, 2018

Kong-Zhuhai-Macau: a maior ponte do mundo
Autor: ESCS Magazine
Conteúdo retirado automaticamente da página do núcleo ESCS Magazine
Ver fonte

Foi inaugurada esta terça-feira, no edifício do posto fronteiriço de Zhuhai, a maior ponte do mundo. A Kong-Zhuhai-Macau tem cerca de 55 quilómetros de extensão e liga Hong Kong a Macau.

A ponte Hong Kong-Zhuhai-Macau abriu esta terça-feira, às 9h00 (2h00 em Lisboa). Esta é considerada a maior infraestrutura marítima do mundo e representa a primeira ligação de transporte terrestre entre Hong Kong e Macau. A inauguração contou com uma cerimónia que juntou cerca de 700 convidados, em Zhuhai, cidade adjacente a Macau.

A construção começou em 2009 e estava prevista a sua abertura em 2016. No entanto, a inauguração foi adiada devido a diversos problemas, como acidentes de trabalho, uma investigação de corrupção, obstáculos técnicos e derrapagens orçamentais, que obrigaram a um adiamento da inauguração.

Segundo a agência Lusa, a diretora dos Serviços de Turismo de Macau, Maria Helena de Senna Fernandes, afirmou que “a própria ponte vai ser uma atração turística, para os turistas tirarem fotografias e para a atravessarem”.

A ligação Hong Kong-Zhuhai-Macau representa um avanço no projeto de integração regional da Grande Baía. O plano do Governo chinês consiste na criação de uma metrópole mundial que inclui várias cidades da Grande Baía. Esta medida pretende promover o crescimento económico desta região.

Em comunicado, o Secretário para os Transportes e Habitação, Frank Chan Fan, referiu que “à luz do desenvolvimento da Grande Área da Baía, a Ponte será fundamental para melhorar o fluxo de pessoas, mercadorias e capital, bem como a colaboração tecnológica na região”.

A ponte que representa a maior travessia marítima do mundo conta com uma extensão total de 55 quilómetros, sendo que a estrutura principal mede 29,6 quilómetros, com uma sessão em ponte de 22,9 quilómetros e o túnel subaquático de 6,7 quilómetros. Tiveram de ser criadas duas ilhas artificiais para concluir a obra. 
Durante a cerimónia de abertura, o vice-primeiro ministro da China, Han Zheng, reiterou que a ponte vai possibilitar o crescimento económico. A obra custou ao Governo chinês 1,9 mil milhões de euros.

Segundo o The Guardian, a ponte terá um sistema de segurança com câmaras ao longo de toda a sua extensão para detetar se um condutor boceja e, caso este o faça mais de três vezes em 20 segundos, será dado um alerta. Os condutores que atravessarem a ponte vão também ter a frequência cardíaca e a pressão arterial monitorizadas.
A maior ponte do mundo inclui também regras relacionadas com o seu uso. Caso um condutor pretenda fazer a travessia e seja proveniente de Hong Kong, este terá de obter uma autorização especial. 
De acordo com a CNN, estes condutores apenas poderão atravessar a ponte caso tenham esta autorização, para a qual terão de cumprir determinados requisitos. A travessia pode também ser feita através de autocarros, cujo bilhete custa entre 8 a 10 dólares, dependendo da hora do dia.

Artigo corrigido por Vitória Monteiro


Current track

Nome

Artist