Futebol (UEFA)

Written by on Dezembro 8, 2018

Futebol (UEFA)
Autor: ESCS Magazine
Conteúdo retirado automaticamente da página do núcleo ESCS Magazine
Ver fonte

Competições Europeias:  5ª jornada – Porto garante passagem à próxima fase da Liga dos Campeões. O Benfica cai e junta-se ao Sporting na Liga Europa.

A 5ª jornada da Liga dos Campeões ficou marcada pelo triunfo do Porto sobre o Schalke 04 por 3-1 e pela goleada do Bayern Munique sobre o Benfica, por 5-1, que até então ambicionava o apuramento para os oitavos de final.

Triunfo do FC Porto confirma o primeiro lugar do grupo e a consequente passagem aos oitavos de final da Liga dos Campeões.

Num grupo equilibrado, os dragões saíram por cima. Já com o passaporte garantido para os oitavos, o FC Porto deu mais uma demonstração de competência ao bater, em casa, o Schalke 04, por 3-1. 

Com a passagem já assegurada para os oitavos de final da Liga dos Campeões, e ainda antes do jogo começar, Schalke e FC Porto entraram no Dragão com uma postura mais conservadora, sem nenhum tipo de risco na primeira parte. Durante os primeiros 10 minutos, o conjunto alemão, mais organizado com e sem bola, tirou a posse de bola a um FC Porto adormecido e sem grandes ideias na zona intermediária.  Mas, na Invicta, a equipa alemã demonstrou tanta organização defensiva como incapacidade em criar lances de perigo no meio-campo contrário. Pressentindo um adversário frágil com bola, o Dragão partiu para 20 minutos de bom nível, assentes numa grande capacidade de pressão a meio campo, com Danilo Pereira em destaque neste campo. No último terço do campo, evidenciaram-se os pormenores do trio criativo composto por Brahimi, Corona e Óliver.

Fonte: Plataforma online do jornal Record

E se, ao intervalo, o FC Porto já era a melhor equipa em campo, o início da segunda parte dissipou qualquer tipo de dúvida acerca da diferença na qualidade entre ambas as formações.  Um canto cobrado de forma exemplar por Corona ao descobrir Óliver à entrada da área. O espanhol acabou por cruzar para o coração da área, onde estava Militão. O cabeceamento do defesa-central não deu hipóteses para Fahrmann. Estava feito o 1-0 ao minuto 52’, para o FC Porto. Passados três minutos (55’), uma jogada magistral dos dragões, numa triangulação perfeita entre Corona e Brahimi, que deixou o mexicano na cara do guarda redes da formação alemã. De pé esquerdo, Corona não perdoou e aumentou a vantagem azul e branca para 2-0.

Ao minuto  88’, o Schalke 04 viria a reduzir o marcador por intermédio de uma grande penalidade, executada de forma exímia por Bentaleb. Guarda-redes para um lado, bola para o outro. Estava feito o primeiro da formação alemã. Ao cair do pano, Otávio, com um grande passe, descobriu Marega. Isolado, o maliano picou a bola sobre Fahrmann e sentenciou o jogo.

Tabela Classificativa da Liga dos Campeões – Grupo D:

1°.  Porto: 13 pontos.

2°.  Schalke 04:  8 pontos.

3°.  Galatasaray: 4 pontos.

4°.  Lokomotiv: 3 pontos.

Goleada do Bayern Munique sobre o Benfica por 5-1 atira os encarnados para a Liga Europa.

O Benfica volta a falhar, pelo segundo ano consecutivo, a passagem aos oitavos de final da Liga dos Campeões. A precisar de vencer em Munique, os encarnados voltaram a cair aos pés do Bayern de Munique, desta vez por 5-1. Afastada a hipótese de seguir em frente na competição, resta às águias a consolação da Liga Europa. A derrota do AEK com o Ajax, horas antes, permitiu às águias garantir um lugar na Liga Europa. O jogo com os gregos no estádio da Luz, na última ronda, servirá apenas para cumprir calendário.

Fonte: Plataforma online do jornal Record

Grimaldo permitiu a Robben inaugurar o marcador ao minuto 13’, numa jogada individual de grande qualidade. Não tardou muito até ampliar a vantagem, até que ao minuto 30’, servido por Lewandowski e Müller, o extremo holandês faz o segundo na sua conta pessoal.  Enquanto tudo à sua volta ruía, o guarda-redes encarnado ia mostrando serviço. Em primeiro lugar, com uma defesa fenomenal ao remate de Lewandowski; depois ao impedir o golo a Müller. Vlachodimos brilhava numa exibição para esquecer por parte das águias. Na sequência de uma bola parada, ao minuto 36’, o avançado polaco da equipa bávara aproveitou uma nova desorientação defensiva das águias para fazer o 3-0. Destaca-se a ausência de lances de perigo do Benfica na primeira parte.

Na esperança de alterar o rumo da partida, Rui Vitória retira o Pizzi e lança Gedson que, no primeiro minuto após o início da segunda parte, mostrou uma breve chama encarnada na noite fria de Munique ao reduzir para 3-1. O Benfica teve mais tempo no meio-campo defensivo do Bayern, mas o desaire viria a acontecer. E, por isso, Lewandowski bisou ao minuto 51′ e Ribéry fechou as contas ao minuto 78′, numa noite para esquecer por parte dos encarnados.

Tabela Classificativa da Liga dos Campeões – Grupo E:

1°.  Bayern: 13 pontos.

2°.  Ajax:  11 pontos.

3°.  Benfica: 4 pontos.

4°.  AEK: 0 pontos.

Vitória expressiva do Sporting sobre o Qarabag assegura presença na próxima fase da Liga Europa.

A vitória do Sporting por 6-1 frente ao Qarabag permitiu o apuramento dos leões para os ’16 avos’ da Liga Europa e assumiu-se como sendo uma das maiores vitórias de sempre dos leões na Europa.  A título de curiosidade, foi preciso recuar até 2001 para encontrar um resultado idêntico. Na receção aos suecos do Halmstads, o Sporting, orientado por László Bölöni, venceu por 6-1, com hat trick de Mário Jardel.

Os leões passaram no segundo lugar do grupo E, apenas atrás do Arsenal, que terminará em primeiro mesmo em caso de igualdade pontual, uma vez que têm vantagem no confronto direto com a formação verde e branca. Marcel Keizer somou a segunda vitória consecutiva. O treinador dos leões estreou-se a vencer nas competições europeias e agora segue-se o Rio Ave, já esta segunda-feira, em Vila do Conde.

Fonte: Plataforma online do jornal Record

Num jogo de nervos, a falta de Rzezniczak sobre Bas Dost resultou na marcação de uma grande penalidade. O avançado holandês não perdoou da marca de penálti e adiantou os leões no marcador, ao minuto 5’. A resposta do Qarabag não demorou muito e, ao minuto 14’, um passe longo nas costas de Bruno Gaspar permitiu a Zoubir igualar a partida. O Sporting voltou a estar na frente do marcador por intermédio de Bruno Fernandes. O médio criativo rematou de fora da área e fez golo (20’). O guarda-redes ficou muito mal na fotografia neste golo. Numa belíssima jogada dos verdes e brancos, Wendel assistiu Nani que conduziu a bola, passou por dois adversários e bateu Halldórsson, sem dificuldade. Estava feito o terceiro golo dos leões (33’).

Noite inspirada para o Sporting. Diaby aproveitou um mau atraso de Guerrier, isolou-se e marcou o quarto para a equipa verde e branca, ao minuto 65’. Bruno Fernandes bisa e fez o quinto golo do Sporting. Um grande toque de bola de Wendel permitiu isolar o internacional português que perante Halldórsson não perdoou (75’). A veia goleadora do Sporting estava para durar. Ao minuto 81’,  num cruzamento de Jovane Cabral, Diaby, em frente ao guarda redes, rematou para o fundo da baliza. Um triunfo indiscutível da equipa portuguesa, num jogo de sentido único.

Tabela Classificativa da Liga Europa – Grupo E:

1°.  Arsenal: 13 pontos.

2°.  Sporting:  10 pontos.

3°.  Vorskla: 3 pontos.

4°.  Qarabag: 3 pontos.

Artigo corrigido por Lurdes Pereira


Current track

Nome

Artist