Coletes Amarelos: Macron recebe parceiros sociais na segunda-feira

Written by on Dezembro 10, 2018

Coletes Amarelos: Macron recebe parceiros sociais na segunda-feira
Autor: ESCS Magazine
Conteúdo retirado automaticamente da página do núcleo ESCS Magazine
Ver fonte

O presidente Francês vai reunir-se, esta segunda-feira, com os representantes dos sindicatos, do patronato e dos autarcas. Fontes sindicais anunciaram que as cinco confederações sindicais representativas (CGT, CFDT, FO, CFE-CGE e CFTC) e as três organizações patronais (Medef, CPME e U2P) serão recebidas por Emmanuel Macron, no Eliseu.

Emmanuel Macron tem reunião agendada com os parceiros sociais após o quarto protesto dos “coletes amarelos”, que levou, este sábado, mais de 136 mil manifestantes às ruas, segundo dados do Ministério do Interior.

Esta segunda-feira, Macron recebe também os presidentes do Senado, Gérard Larcher, da Assembleia Nacional, Richard Ferrand, e do Conselho Económico, Social e Ambiental (CESE), Patrick Bernasconi.

“O Presidente quer juntar todas as forças políticas, territoriais, económicas e sociais nesta altura difícil para nação, para ouvir as suas vozes e propostas com a ideia de as mobilizar para acção”, disse o ministro dos Negócios Estrangeiros francês, Jean-Yves LeDrian.

LeDrian diz que é também possível que o chefe de Estado francês fale esta segunda-feira ao país e que anuncie medidas que coloquem um ponto final nos protestos dos “coletes amarelos”.

Segundo o Ministério do Interior, os protestos originaram 1700 detenções em todo o território francês, sendo que só em Paris foram detidas 1082 pessoas. Este sábado registaram-se 135 feridos, 17 dos quais são polícias. Contam-se imensos carros queimados, montras partidas e lojas roubadas.

Os protestos dos “coletes amarelos” começaram há algumas semanas em consequência do aumento do preço dos combustíveis. As reivindicações dos manifestantes ampliaram-se: exige-se o aumento do poder de compra e pede-se a demissão de Macron.

FILE – In this Nov.27, 2018 file photo, French President Emmanuel Macron leaves after delivering a speech on ‘The presentation of the strategy for ecology transition’, at the Elysee Palace in Paris. As protests rage through France and Paris locks down fearing new riots, the man whose presidency unleashed the anger is nowhere to be seen. President Emmanuel Macron has stayed out of the public eye all week, leaving his unpopular government to try to calm the nation. Behind reads: Change together (Ian Langsdon, Pool via AP, File)


Current track

Nome

Artist